sexta-feira, 23 de junho de 2017

Capas e sacos de TNT

No mês passado eu arrumei meu guarda roupas para tirar as roupas de inverno para lavar/arejar, já que as temperaturas estavam começando a baixar. Tenho vários casacos pesados que raramente são usados, já que por aqui os invernos são amenos. Eu costumo guardá-los em capas plásticas para proteger da poeira (que consegue entrar mesmo que o armário seja bem fechado). Mas essas capas de plástico podem causar problemas nas roupas devido a falta de ventilação, podendo até mesmo embolorar. Então eu comprei TNT para fazer algumas capas para esses casacos.

O TNT é a sigla para tecido não tecido, ou seja, ele não passa pelos processos têxteis convencionais.
É fabricado a partir de fibras desorientadas, aglomeradas e fixadas.

Comprei 5 metros de TNT preto e deu para fazer 4 capas curtas (para casacos) e 1 capa longa (para vestidos). Com a sobra fiz 5 sacos para guardar blusas dobradas. Não me lembro ao certo como cortei, mas as capas ficaram com costura em apenas uma lateral e em cima, onde tem o buraco do cabide. Os sacos foram aproveitamento da sobra de TNT, portanto ficaram com costura nas duas laterais. 
Como era um teste, eu não quis fazer muitas capas de uma só vez, mas agora pretendo comprar mais TNT para fazer para minhas irmãs também. Eu não fiz questão de colocar zíper na frente, então a abertura fica na parte de baixo. Os sacos também não fiz com nenhum tipo de fechamento, apenas a altura suficiente para dobrar uma parte. Mas já vi sacos de TNT com uma fita para amarrar.

Capa para casaco

Capa para vestido longo

Saco para guarda blusa de inverno

Sacos com blusas de inverno

Observações:

  • O TNT não pode ser passado, por isso as capas estão amassadas.
  • Esse tipo de capa serve para ternos também. 
  • Existe grande variedade de cores de TNT. 
  • Os sacos podem ser usados para guardar sapatos dentro da mala de viagem, evitando sujar as roupas.
  • Pode-se fazer os sacos para guardar kits de roupa para cada dia da viagem (por ex. blusa, short, calcinha, sutiã, meia).
  • A imaginação não tem limites!
Espero que tenham gostado! Um ótimo final de semana!!

sexta-feira, 3 de março de 2017

Fantasia de Carnaval - Sereia

Já faz alguns anos que não pulo carnaval, mas as minhas fantasias da época da adolescência sempre tinham alguma coisa reutilizada. Nesses últimos anos tenho fugido das festas, só gosto de levar minha sobrinha na matinê. Este ano eu quis fazer uma fantasia para ela e a primeira ideia que me ocorreu foi de Sereia. Ela amou! A única coisa comprada foi o tecido para a saia, e é verdade que esse tecido é meio caro, mas como economizei em tudo acho que valeu a pena.



A tiara ela já tinha, tirei o enfeite anterior (que já estava estragado) e montei uma flor com conchas que eu trouxe da última viagem. Também colei algumas pérolas adesivas (de cartela) que a minha irmã já tinha. 


O top foi feito com duas conchas plásticas, dessas que são vendidas como "casquinha de siri". Não entrou como gasto porque foi reutilização da embalagem de produto alimentício. As fitas foram compradas, mas foi bem baratinho. Decorei as conchas plásticas com as pérolas adesivas e fiz alguns furos para passar as fitas e amarrar como biquini.


A saia foi minha mãe que costurou e ficou bem legal. Como o tecido não tinha elasticidade, fizemos uma saia reta e larguinha até abaixo do joelho, com elástico na cintura. A parte de baixo foi feita com nesgas (é assim que se fala?) para ficar rodada e dar a impressão de nadadeiras.


Finalizamos a produção com uma sapatilha da mesma cor da saia (que ela já tinha) e eu fiz uma maquiagem caprichada. 



Infelizmente fizemos tudo em cima da hora e só agora consegui publicar aqui no blog, mas quem sabe pode servir de inspiração para o carnaval do ano que vem ou para alguma festa a fantasia?

Um beijo e um ótimo final de semana!

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Reutilização de pneu: Poço de jardim

Eu nunca fui muito fã de reutilização de pneus. Acho que fica meio brega esquisito, mas algumas transformações são tão interessantes que vale a pena compartilhar aqui. É o caso desse poço para jardim. 

Fiquei encantada e, apesar da dificuldade (a montagem do madeiramento exige algumas ferramentas e um certo "conhecimento"), penso que vale a pena fazer e pedir ajuda para o marido/irmão/cunhado/vizinho, se precisar.

Clique na foto para visitar a página com o passo-a-passo.


Se eu fizer, publico aqui para vocês verem como ficou.

Um beijo e que esta semana seja repleta de alegrias!

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Minha festa de aniversário


Olá pessoal! Dia 17 foi meu aniversário de 35 anos e eu fiz uma festa. Nunca postei sobre festas aqui porque não é exatamente o assunto do blog, mas a decoração foi feita por mim e teve várias coisas reaproveitadas, por isso achei interessante trazer isso para cá.


Eu vinha guardando garrafinhas de bebida tipo ice há um bom tempo com o intuito de usar na decoração de alguma festa. Só que eu já estava bem desgostosa com essa caixa no meu quarto e como estou em férias fiz uma grande faxina por aqui. Juntou a isso a decisão de fazer a festa de aniversário e eu consegui resolver duas coisas! Pena que eu não pensei nisso com antecedência, porque gostaria muito de ter feito licor de jabuticaba para encher as garrafas e dar como lembrancinha aos convidados. Decorei as garrafinhas com doilies de papel e laço de cetim, coloquei flores e usei na decoração da mesa do bolo e das mesas dos convidados. 



Outra parte da decoração foi o suporte de brigadeiros que fiz com peças de porcelana de um jogo incompleto. Utilizei 2 pratos rasos, 2 pratos de sobremesa, 2 pires e 4 xícaras de chá (para fazer 2 suportes iguais). Juntei tudo fixando com cola quente, para poder desmontar depois. Se a ideia for fazer uma peça fixa, pode-se usar cola instantânea.





Usei também as fairy lights que eu fiz ano passado, uma guirlanda de flores que reutiliza o pisca-pisca de Natal.



Em cima da mesa do bolo coloquei pompons gigantes feitos com papel de seda e fixei as bexigas no teto, para dar a impressão de estarem flutuando.




Quanto ao convite, não imprimi e nem mandei fazer em gráfica. Fiz a arte através do site befunky.com e enviei pelo Whatsapp e Messenger aos convidados. A edição das imagens acima também foi feita nesse site.



Ah.. já ia me esquecendo... O bolo é um Red Velvet Naked Cake, receita da Dani Noce com alterações daqui. Eu já tinha feito essa receita no Natal de 2015 e realmente é muito bom. A receita que segui está um pouco diferente da receita original do vídeo, mas é bom assistir porque tem várias dicas.

Espero que tenham gostado e que sirva de ideia para vocês.
Um beijo!!

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Enfeites Natalinos em feltro

2016 voou... Minha última postagem faz tanto tempo... Eu não consegui cumprir a meta de escrever mais frequentemente aqui no blog, mas acredito que para todo mundo esse ano foi corrido e extremamente desgastante. Eu até fiz alguns artesanatos, só que ficou tudo meio inacabado. A única coisa que consegui concluir com louvor foram os enfeites da árvore de Natal que eu fiz em feltro. Mesmo tendo começado bem em cima da hora (e por isso só agora estou publicando), deu tempo de terminar e até fazer alguns para presente.

Confesso que até pensei em desistir no começo, porque nunca tinha trabalhado com feltro e demorou um pouco para pegar o jeito. Mas depois desse enrosco inicial foi bem fácil. Peguei os moldes na internet e comprei alguns materiais, como o feltro em algumas cores, enchimento, botões e fitas. Muita coisa reaproveitei: linhas em diversas cores, retalhos de tecido, fitas, botões, laços, miçangas, sininhos, cenourinhas de biscuit, etc. Até o papel mais grossinho usado para o molde foi reaproveitado de embalagem. Escolhi fazer alguns animais e objetos da temática natalina (rena, urso marrom, urso polar, boneco de neve, pinheiro de natal, biscoito de gengibre, sino, luva e bota).

O Resultado vocês podem ver abaixo, mas não se esqueçam que não sou profissional! Aprendi sozinha, apenas consultando a internet. Adoro esse tipo de trabalho manual, mas acabo desenvolvendo minha própria metodologia.























As plaquinhas com fotos em formato de bola foram feitos em outro Natal, mas para quem se interessar é só consultar o passo-a-passo aqui. Outras ideias podem ser pesquisadas na tag Natal.

Neste ano de 2017 terei muitas mudanças em minha vida particular e isso provavelmente vai se refletir no blog. Por isso, não vou colocar como meta escrever posts mais frequentemente. Meu tempo para as artes será mais reduzido ainda... Só peço que não desistam do blog rs. Sempre que possível estarei por aqui mostrando alguma coisa e em breve contando as novidades.

Desejo que 2017 seja repleto de boas notícias, realizações pessoais e muito sucesso! Um beijo!

sábado, 9 de abril de 2016

Caixa forrada com tecido 5


Como eu prometi no último post, hoje trago as fotos da outra caixa de MDF que eu estava forrando com tecido. 

Esta é uma caixa diferenciada, pois possui divisórias internas para guardar relógios. O tecido foi escolhido com muito carinho: floral e marrom de bolinhas (as bolinhas são verdes, combinando com as folhas do outro tecido, mas nas imagens não aparece direito). Outra característica dessa caixa são as almofadinhas no mesmo tecido floral para acomodar os relógios.














Nesta caixa coloquei pés de meia-pérola, assim como o engate para abrir a tampa. Dentro, na junção das divisórias, decorei com meia-perólas pequenas.




Esse tecido floral é muito bonito e essa caixa me deixou babando, querendo muito uma para mim... pena que eu quase não uso relógios rs

Beijos e um ótimo final de semana!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...